Slider

O QUE É


O cabelo é a “moldura do rosto” e um cabelo e couro cabeludo com tendência para a oleosidade, podem pôr em causa a sua autoestima e o seu conforto. A oleosidade é causada pela hiperprodução de sebo, o que leva a um desequilíbrio e torna o couro cabeludo desconfortável.

QUAIS AS
CAUSAS?

O excesso de sebo pode estar associado a uma alimentação desequilibrada, hereditariedade, alguns medicamentos, produtos inadequados ao seu cabelo. A mudança de estações, alterações hormonais ou mesmo o stresse também podem ter impacto na oleosidade.

LAVAR MAIS OU MENOS O CABELO?
O excesso de lavagem do cabelo, ao contrário que muitas vezes se pensa, não resolve a oleosidade. Pelo contrário, a lavagem demasiado frequente leva a que o couro cabeludo produza mais sebo, para equilibrar as perdas da lavagem e as funções de proteção do sebo.

EFEITOS A LONGO PRAZO
Um cabelo e couro cabeludo oleosos negligenciados, em que não se procura resolver atempadamente o problema, está associado a outras situações desconfortáveis, uma vez que pode levar a caspa, couro cabeludo irritado, ou mesmo queda de cabelo.

O QUE DEVO FAZER


É importante escolher para si um ritual purificante, que lhe permita uma limpeza profunda, de modo a limpar e reequilibrar o seu cabelo e couro cabeludo. Estas são algumas dicas indispensáveis para que lhe sejam devolvidas a sensação de leveza e suavidade que deseja.

1.Escolha um champô ou champôs adequados a um cabelo e couro cabeludo oleosos, de modo a reequilibrar a produção de sebo, mantendo-os saudáveis e bonitos.

Remova totalmente o champô e acondicionador no enxaguamento, pois vestígios de produtos podem causar alterações no couro cabeludo.

2.Evite água muito quente durante a lavagem e opte por água morna, uma vez que temperatura muito alta pode causar a desidratação da haste capilar e aumentar a sua fragilidade. Um cabelo desidratado leva o couro cabeludo a produzir mais sebo na tentativa de compensar a falta de água e lípidos que podem ter sido perdidos com a abertura da cutícula. No final, enxague com água fria, para fechar a cutícula.

3.Não lave o cabelo com muita regularidade (1-3 vezes por semana é o ideal, mesmo para um cabelo oleoso), de modo a não remover a camada hidrolipídica que reveste o couro cabeludo, levando-o a produzir excesso de sebo para compensar a perda.

PT